• O Violoncelo

    Chorai arcadas
    Do violoncelo!
    Convulsionadas, Pontes aladas
    De pesadelo…
    De que esvoaçam,
    Brancos, os arcos…
    Por baixo passam,
    Se despedaçam,
    No rio, os barcos.
    Fundas, soluçam
    Caudais de choro…
    Que ruínas, (ouçam)!
    Se se debruçam,
    Que sorvedouro!…
    Trêmulos astros,
    Soidões lacustres…
    Lemes e mastros…
    E os alabastros

    Dos balaústres!
    Urnas quebradas!
    Blocos de gelo…
    Chorai arcadas,
    Despedaçadas,
    Do violoncelo.

    Camilo Pessanha, in ‘Clepsidra’

  • Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

    Junte-se a 558 outros seguidores

  • postagens

    agosto 2015
    S T Q Q S S D
    « out    
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31  
  • Saibam vocês

  • Últimas do Instagram

    @micamaueski , a mais bela da noite! #medicinaabc #qlocosoy Meu irmão, meu orgulho! @pseborges ❤ Ao vivo assistido pelo celular! #u2  #thejoshuatreetour2017 Valeu @telbueno e @luizcesar! 😗😗#u2 #larrymullenjr #censuranuncamais #thejoshuatreetour2017 #porto #oporto #metrô #subway #barrafunda #tvminuto

Dois dias, um concerto – por David Joseph Sousa

É de manhã. Ou apenas o que resta dela. Acordo e a resposta que tenho para mim é um sorriso. Um daqueles bem feliz, ontem foi dia de ver Caetano e Gil. A esta hora o Mocho ainda deve estar a servir cachorros com meias de leite, os gigantes já devem estar num privet jet, back in Bahia e estou sozinho com o meu sorriso e a lembrança do dia anterior, que venho – desafiado por meu parceiro – descrever neste texto.

Meu amigo Gabriel é nada mais que um companheiro de vida, que veio do sampa para acrescentar cor à nossa existência nesta terra passageira. Em apenas um ano de amizade e convívio nossas aventuras já acumulam histórias para contar mas não vim aqui escrever sobre a amizade que o casal Borges e nós cultivamos, pois seria necessário recorrer ao esotérico para compreender tal ligação. Venho falar sobre o desafio lançado: Vamos ver o show de Veloso&Gilberto?

Desde que (para mim) o samba é samba, o nome de Caetano é um farol na minha conceção. Com ele descobri que a poesia tem um ritmo e uma cor e, essa cor canta-se em português do brasil. Cada vez que ouço é come prima vez que descubro beleza na nossa língua. Como se me dissesse ao ouvido: – Eu vim da bahia para te mostrar como a poesia pode ser ritmo e som e como pode ser bela.

Já para o Gabriel, Gilberto Gil é seu arcanjo pessoal na música, seu one direction, qual superhomem com poderes melódicos, qual são joão xangó menino com guitarra no colo. Estavam os dados lançados e os bilhetes comprados.

Dia do concerto.

Outro acordar e outro sorriso, desta vez de espetativa. Ligo o sistema de som e ponho a “bater” meu coração vagabundo esperando a hora do arranque. Direcção: Lisboa. O expresso 2222 estava de serviço e pela marginalia II seguimos rumo a sul. No carro a banda sonora que se esperava antecipando o concerto. Percebi um novo sentido do Drão, e a importância de andar com fé. Carro estacionado – (avisa lá) nossa gente que chegamos bem, vamos jantar e procurar um lugar bem na frente para poder cantar como nine out of ten cada música que ecoar daquele palco. A noite estava fresca e la luna llena iluminava o recinto.

E por fim o momento chegou. Forom duas horas de emoção, de magia em palco. Cada Omolu, Ogum, Oxum, Oxumaré, todos os Iansã, Iemanjá, Oxossi, cada Mercador, Cavaleiro de Bagdá, Filhos de Obá desceram áquele pequeno palco, não para ver os filhos de gandhi mas para iluminar aqueles dois seres e os fazerem transbordar boa música. Já Carmen Miranda perguntava o que é que a baiana tem? Não sei se toda a menina baiana tem um samba, mas aqueles dois seres tem samba de sobra!

Voltamos radiantes, cheios de tropicalia no olhar. Com a sensação de dever cumprido. Odeio os finais, mas este traz um sorriso.

Se eu quissese (ou pudesse) falar com Deus e agradecer-lhe a magia que brotou daquele palco, na noite de 31 de julho, usando apenas três palavras, seriam: é luxo só.

P.S.: assim (não) tenho medo da morte.

Anúncios

Uma resposta

  1. Quem diz que os opostos se atraem, mente. Se aproximam os que têm o mesmo olhar, o mesmo sentir e, nesse caso, o mesmo, ouvir. Bjos pra vocês quatro que têm o privilégio de viver essa grande amizade!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: